Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"A Fazenda: Nova Chance", nova edição do reality rural da TV Record, deixou a desejar - e muito - em sua estreia, nesta terça-feira (12). Com prova enfadonha e show de problemas técnicos, o programa deu ao público de casa a impressão de ter sido colocado no ar às pressas, sem muito 'esmero'.

As dificuldade se apresentaram logo no início. Roberto Justus, apresentador da atração, não teve êxito ao fazer contato com os participantes da Sede. Embora os confinados e o público de casa ouvissem tudo o que se passava, o comunicador não conseguiu de jeito nenhum entender o que os peões diziam. O áudio, porém, embora inteligível para quem assistia, também não podia ser considerado de alta qualidade.

O atraso entre o som e a imagem que era vista na telinha também foi um show - só que não - à parte. As cenas estavam bastante adiantadas e o telespectador precisava esperar a chegada das 'falas' para compreender o que se passava.

Já a Prova do Fazendeiro - que consagrou Flávia Vianna como a primeira 'líder' da edição - cansou. Lenta e sem emoção, ganhou uma enxurrada de críticas nas redes sociais. "Aff, começar o programa com isso? Tiro no pé", chegou a reclamar uma internauta no Twitter. "Estou quase dormindo com essa prova", ironizou outra.

Na web, aliás, "A Fazenda" virou assunto. O nome do reality da emissora dos bispos entrou para os TT's mundias - tópicos mais comentados do Twitter.

Em meio a opiniões variadas por lá, um participante em especial movimentou os internautas: Marcos Härter. Amado e odiado, sem meio termo, o cirurgião plástico foi defendido por seus fãs, mas detonado por parte dos telespectadores. Prova disso é que a hashtag "Fora Marcos" foi uma das mais usadas pelos tuiteiros.

O moço, para quem não se lembra, foi acusado de agressão contra Emilly Araújo, sua então parceira, no "Big Brother Brasil 17", da TV Globo, e acabou sendo expulso da atração.

Roberto Justus, por sua vez, segue engessado. Esforçado, mas 'robotizado'. O formato descontraído de "A Fazenda" e a postura sisuda do apresentador continuam em conflito. O veterano parece não encontrar o tom para comandar o programa. Visivelmente 'perdido', o ex de Ticiane Pinheiro confundiu e esqueceu por diversas vezes os nomes dos confinados. Precisou de uma ajudinha dos próprios jogadores.

Já o elenco, por outro lado, merece um voto de confiança. Colocar debaixo do mesmo teto nomes como Nicole Bahls, Rita Cadillac, Yuri Fernandes e Dinei é quase como apagar fogo com gasolina. Tem tudo para esquentar e ficar muito bom.

Agora, é claro, nos resta torcer para que a natureza 'caliente' dos participantes não seja reprimida por Roberto Justus, que já deixou claro que não curte barracos na atração. Afinal de contas, a gente quer mesmo é ver o circo - no caso, a fazenda - pegar fogo!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2016
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ